Brasil Inglês
 
 Notícias


 Quem Somos


 Nossas Datas

2017
2018
2019
2020

 Constelações Familiares


 Estrutura de nossos Cursos


 Workshop


 Formação


 Cursos


 Curso para Empresas


 Formação em PNL-Fenomenológica


 Nossos Organizadores


 Nossos Alunos


 Tsuyuko e os livros de
    Bert Hellinger



 Filmes extraidos de nossos cursos


 Links




 

Para Casais

Curso para casais e solteiros

Esclarecer e viver relacionamentos

Este é um workshop para casais e solteiros em crise e que querem esclarecer seus relacionamentos.

Todas as áreas da vida atuam no relacionamento de casal. Os casais entram em crise por diferentes motivos:

Algo na família de origem dele ou dela pode atuar no relacionamento a dois. Freqüentemente, podem atuar vínculos através dos quais o comportamento do casal recebe uma dinâmica própria, mas não têm nada a ver com o seu relacionamento.
As constelações familiares mostram, muitas vezes, um emaranhamento ou identificação de alguém com uma pessoa do sistema familiar. Quando esse emaranhamento é trazido à luz, o vínculo pode ser reorganizado.

Além disso, no relacionamento a dois pode atuar o desequilíbrio entre o dar e o receber. Cada um que dá, precisa também tomar, senão ele/ela se coloca numa posição de superioridade com relação ao outro. O relacionamento pode ficar em perigo através de um desequilíbrio nesse sentido.

Freqüentemente, um aborto ou uma morte precoce de um filho pode colocar um relacionamento em perigo ou terminá-lo. Muitas vezes o casal permanece junto, mas apenas um ao lado do outro. Por assim dizer, cada um por si só. Um acontecimento desse tipo pode separar o casal, e é necessário um esforço especial para que esse relacionamento sobreviva.

Vínculos anteriores podem também atuar no relacionamento do casal: tanto o vínculo no bom quanto no mau. Esses vínculos, freqüentemente, atuam nos filhos. Muitas vezes, os filhos estão identificados ou ligados de alguma forma a parceiros anteriores.

Mas o casal também traz algo para o relacionamento que pode separá-lo. Quando um deles pensa, por exemplo, que o que vem dele/dela é melhor, tem mais valor, é mais bonito do que o do outro.
A tentativa de mudar o outro nunca dá certo.

Neste workhop olhamos e trabalhamos em direçao à solução.
E é sempre uma solução para ambos.